Sinto muita tristeza: será que tenho depressão? Veja aqui!

Faz parte do repertório de emoções humanas sentirmos tristeza. Podemos alternar momentos de intensa alegria com outros em que somos tomados por um sentimento de tristeza, que nos deixa mais sensíveis e introspectivos.

No entanto, se você se pega perguntando a si mesmo “por que sinto muita tristeza?”, talvez seja o momento de refletir mais a fundo sobre o que sente e, se necessário, buscar ajuda profissional. Acompanhe mais sobre o assunto no post de hoje.

Entendendo o que é tristeza

A tristeza é um sentimento normal, que surge como resposta a situações traumáticas ou desafiadoras que vivemos. Podemos ficar tristes por algum tempo, enquanto lidamos com o impacto trazido por essas experiências, mas a passagem dos dias (e outras experiências positivas) nos tiram daquele estado de espírito e nos devolvem ao que consideramos como habitual.
Leia Mais

Como o medo pode te paralisar? Não deixe isso acontecer!

O medo, emoção natural de cuidado, é uma forma de defesa e um mecanismo de sobrevivência. No entanto, quando sentido em excesso, o medo pode paralisar, comprometer atividades simples do dia a dia e te impedir de alcançar seus objetivos.

Situações novas, obstáculos no caminho, momentos em que precisamos nos expor e sentimentos não palpáveis podem causar uma forte insegurança, que precisa ser combatida para que consigamos avançar. Dessa forma, o medo surge da preocupação a respeito do que poderá acontecer em consequência do evento, mas não do evento em si. Leia Mais

Aprenda a combater a insatisfação com a vida e seja mais feliz

Rotina atribulada, desafios com pessoas próximas, frustrações no trabalho, críticas constantes, obstáculos que parecem intransponíveis frente aos nossos objetivos. São inúmeros os fatores que nos colocam em uma posição de insatisfação com a vida. É muito difícil manter a postura positiva o tempo todo devido aos problemas cotidianos.

No entanto, quando nos curvamos, diminuímos na proporção em que as adversidades aumentam. Funciona como uma luta: se enfraquecermos e pararmos de enfrentar o oponente, ele sairá vitorioso. Contudo, se o encararmos como algo a mais a ser conquistado, quem leva vantagem somos nós. Leia Mais

Autoconhecimento: descubra porque se conhecer é a chave para tudo

Você se conhece? Sabe quais são suas fraquezas, onde estão seus pontos de vulnerabilidade e fragilidade? E os seus pontos positivos? Seus trunfos, suas habilidades e competências? Aquelas características que são suas e te fazem, de fato, ser quem você é.

O autoconhecimento não é um luxo e sim uma prerrogativa. É uma garantia de qualidade de vida, de uma relação melhor com as pessoas que estão em sua volta, especialmente nos dias de hoje e na forma como nossas relações se dão.

Mas antes de se perguntar como e por que conhecer a si mesmo, é preciso entender o que é o autoconhecimento e qual é a sua importância na vida de qualquer pessoa. É isso que nós vamos mostrar no post de hoje. Acompanhe! Leia Mais

Como o Processo Hoffman auxilia no seu autoconhecimento

O autoconhecimento é um processo, uma caminhada. Ele não acontece ou é conquistado da noite para o dia. Muito menos se esgota: não é como uma graduação, em que você estuda durante um período de tempo, recebe um diploma e está “certificado” no assunto.

Conhecer a si mesmo demanda tempo e energia. E, acima de tudo, dedicação. O primeiro passo é decidir saber sobre si ou querer entender situações que estão sendo vividas em um determinado momento. A partir daí, uma jornada desafiadora, mas com recompensas únicas, tem início. Leia Mais